Horários:

Segunda a Sexta 7H30 às 19H


Sábado das 07H30 às 12H

Variação do conhecido exame de ecocardiograma, a versão com doppler pode trazer ainda mais informações e detalhes, visando enriquecer a avaliação do cardiologista.

Solicitado quando se faz necessário avaliar o fluxo sanguíneo nas estruturas do coração, o ecodopplercardiograma é mais um dos recursos usados para prevenção, diagnóstico e acompanhamento de inúmeros problemas cardíacos.

A seguir vamos te mostrar como funciona o exame de ecodopplercardiograma, suas diferenças para a versão tradicional do exame (ecocardiograma) e quando ele é solicitado.

Boa leitura!

O que é exame de ecodopplercardiograma? 

O ecodopplercardiograma é um ecocardiograma com o recurso adicional do doppler colorido. Enquanto o foco do ecocardiograma é avaliar as estruturas, a anatomia e o funcionamento do coração, o ecodopplercardiograma tem o objetivo de avaliar o fluxo sanguíneo no órgão, focando nas estruturas das veias e artérias do órgão.

Quando feito com o recurso doppler, torna-se capaz de avaliar o fluxo sanguíneo inclusive em cores, como podemos ver abaixo:

A dor no braço esquerdo é um dos principais sintomas do infarto. Clique e saiba mais sobre o problema

Coração Acelerado: O que fazer?

Valvulopatia: o que é, sintomas, causas, diagnóstico e tratamentos

Ecodopplercardiograma: como funciona o exame?

Nos tópicos abaixo você confere os principais detalhes sobre o exame.

1. Tipos de ecodopplercardiograma 

O exame de ecodopplercardiograma pode ser feito com diferentes finalidades, como:

  • Ecodopplercardiograma fetal: voltado para a avaliação cardíaca de bebês, ainda na barriga da mãe.
  • Ecodopplercardiograma transtorácico: que examina o funcionamento do coração de maneira geral.
  • Ecodopplercardiograma transesofágico: indicado para os casos de pacientes com próteses valvulares.
  • Ecodopplercardiograma com estresse: feito enquanto o paciente realiza um esforço físico (geravisando avaliar a saúde cardiovascular em situações extremas.

Saiba mais
O que é o teste ergométrico?

2. Preparação para o exame 

Nos tipos mais comuns do exame, como o transtorácico e fetal, não há necessidade de nenhum tipo de preparação.

Porém, nas variações transesofágico e com estresse, pode ser solicitado um jejum de 4 a 6 horas, além do uso de medicação para redução de gases.

3. Realização do exame 

O teste é bastante simples, rápido e indolor. É aplicado um gel à base d’água no tórax do(a) paciente, deitado sobre o lado esquerdo do corpo.

Em seguida, o cardiologista responsável utiliza o transdutor; espécie de sonda que emite ondas sonoras, conectado ao dispositivo de ecografia, para registrar e visualizar as estruturas do coração, pressionando o aparelho sobre toda a região toráxica.

A coleta das imagens leva em torno de 15-20 minutos.

As imagens geradas pelo aparelho são visualizadas em tempo real pelo médico, que vai registrando as mais importantes e que irão constar do laudo impresso. Esse laudo, inclusive, com as informações observadas pelo médico, costuma ser liberado alguns minutos após o término do exame.

4. Contraindicações 

Uma das grandes vantagens do ecocardiograma (com e sem doppler) é o fato de serem exames não invasivos e seguros para todos os tipos e pessoas, em qualquer circunstância, inclusive grávidas.

Nesse sentido, não há qualquer contraindicação para a realização desse exame, caso haja indicação médica.

Quais doenças o ecodopplercardiograma pode detectar? 

A seguir você confere os principais problemas cardiológicos que podem ser investigados pelo ecodopplercardiograma:

  • Redução de fluxo nas artérias: problema causado por doenças como a aterosclerose (placas de gordura nas artérias), podendo privar o coração de oxigênio, resultando até mesmo em infarto.
  • Problemas nas válvulas cardíacas – situação em que pode ocorrer a não abertura total das válvulas cardíacas, processo denominado estenose, ou quando a mesma não fecha por completo, quando ocorre a regurgitação.
  • Insuficiência cardíaca: redução da capacidade do coração para bombear e/ou para se encher de sangue.
  • Estreitamento arterial – Causado por doenças como a doença arterial periférica oclusiva, que estreita ou até mesmo, em alguns casos, bloqueia o fluxo sanguíneo em uma ou mais artérias.
  • Coágulos de sangue – Pequenos aglomerados de sangue que podem mudar seu estado físico de líquido para semissólido, podendo vir a comprometer a passagem de sangue em determinados vasos sanguíneos.


Veja também:
Quais são os sintomas para procurar um cardiologista?

Onde posso realizá-lo? 

Depois de aprender tanto sobre o exame de ecodopplercardiograma, chegou a hora de conhecer, também, uma excelente opção de clínica para a realização dessa importante avaliação.

Nesse sentido, considere a Clínica Átrios como sua escolha mais segura!

Somos especializados em acompanhamento cardiológico, dispondo de todos os recursos necessários para investigar e acompanhar a saúde do seu coração, além de um time de profissionais altamente qualificados e atenciosos.

Se você está no Distrito Federal ou Entorno, clique no link abaixo e agende sua avaliação:

QUERO AGENDAR MEU ATENDIMENTO NA ÁTRIOS

POSTS RELACIONADOS

Sono saudável: dicas para melhorar a qualidade e proteger sua saúde!

Dra. Núbia

6 de maio de 2024

recomendado - Saúde e bem-estar

Ler mais

Formigamento no corpo: causas e o que fazer

Dra. Núbia

13 de fevereiro de 2024

recomendado - Saúde e bem-estar

Ler mais

Como medir a pressão em casa?

Dra. Núbia

15 de janeiro de 2024

Cardiologia - Doenças cardiovasculares - Exames cardiológicos - recomendado

Ler mais

Fale Conosco

SHLS 716 CENTRO CLINICO SUL TORRE 1 - Asa Sul, Brasília - DF, 70390-700

(61) 3773-4700